IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação. Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.
No caso de período de resguardo ou recuperação de procedimento
cirúrgico ou invasivo, siga rigorosamente as recomendações do seu médico.

Séries de exercícios visuais cabem na sua rotina muito mais do que você imagina. Assim, é possível encaixá-las na sua vida de forma simples e tranquila. E o melhor: sem precisar ir até a academia, como é caso, por exemplo, das atividades físicas! Isso porque as sequências da prática da melhora natural da visão são descomplicados, fáceis e podem ser divididas ao longo do dia, conforme sua disponibilidade em casa ou até no trabalho. Os exercícios específicos para os problemas de visão vão exigir um pouco mais de tempo (45 minutos, por exemplo). Porém, esse tempo pode ser dividido no decorrer do dia, para que a série fique menos pesada.

Dessa forma, eu costumo dizer sempre que os exercícios são simples, sim, porém, poderosos. E mais importante: praticamente todos conseguem praticar! Você pode investir em pequenas séries ao acordar, no carro, na fila do banco, no seu horário de almoço. Assim, à medida que esses bons hábitos visuais forem sendo incorporados à sua rotina e que você conseguir ver os resultados para o seu problema de visão, entrará, então, na etapa de manutenção da prática.

Séries de exercícios visuais podem (e devem) ser incorporadas ao cotidiano!

O exercício Olhar Longe, por exemplo, pode se tornar um hábito, a exemplo do Palming e Sunning. Muitos dos meus alunos contam que ao sair no sol já fecham os olhos e começam a fazer o movimento típico de mexer a cabeça para um lado e para outro, como nós fazemos no banho de sol nos olhos. Com o relaxamento e piscar de forma constante, é a mesma coisa! O melhor disso também é que seus filhos veem você fazendo as séries, o que sem dúvida, fica mais fácil para eles deles levarem isso para a vida deles também. Vejo isso por mim, com meu filho, o Benjamim de cinco anos, que já adquiriu vários bons hábitos visuais!

Treinos diários e rápidos podem turbinar a sua saúde visual

Costumo dizer que os execícios podem ser comparados a uma caminhada para os olhos e levam menos de três minutos para serem feitos. Ou seja, são pequenas sequências de exercícios visuais diários que incluem alongamentos para os olhos, com movimentos especiais para ativar os músculos oculares. E como isso vai ajudar a melhorar seu problema de visão e dar o primeiro passo para se libertar dos óculos, por exemplo? 

Como é uma série que vai ajustar o tamanho do seu globo ocular, o resultado pode ser a diminuição de grau e também evitar cirurgias. Os movimentos vão estimular toda a circulação da região dos olhos, deixando-os firmes e fortes. Assim como os músculos do corpo, as estruturas dos olhos precisam ser trabalhadas com exercícios ao longo da vida para não sofrerem com os efeitos do envelhecimento natural do organismo.

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.