Avalie este post

Qualidade da visão está intimamente ligada à imunidade do organismo. Assim como todos os nossos problemas de saúde, as alterações nos olhos podem surgir a partir da queda das defesas naturais do corpo. Quando a imunidade está alta, o organismo não se abala com vírus e bactérias e fica blindado contra infecções e demais doenças. Além de manter os cuidados com a imunidade, é preciso estar com a parte emocional o mais equilibrada possível. Já é de conhecimento, que essa área também influencia de forma significativa no surgimento de problemas visuais.

Assim, o que vale ter em mente também quando pensamos em qualidade da visão é a importância de investir em um organismo protegido e bem alimentado. O excesso de medicação contribui muito para a baixa da imunidade. Dessa forma, quando pensamos em doenças, precisamos refletir sobre o que foi que abriu a porta para que ela entrasse e se instalasse no corpo. Outro ponto importante a dizer: o método de tratamento natural da visão vai tratar da base, deixá-la forte e protegida contra eventuais “invasores”.

Qualidade da visão: alimentos que aumentam a imunidade

Ingerir os alimentos corretos vai complementar a sua prática com os exercícios para visão e a eficiência dos cuidados, pois estaremos colocando no corpo os nutrientes certos para fortalecer e melhorar a saúde dos seus olhos.

O centro dessa dieta é o combate aos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular e aparecimento de doenças, entre elas, as que atingem a visão. Assim, alimentos antioxidantes são priorizados para que os radicais livres possam ser eliminados. Alguns alimentos, inclusive, têm elementos e combinações especiais que ajudam na sua visão.

6 melhores alimentos para os olhos

Ovos, Vegetais verde escuros, Carotenoides, Vitamina C, Ômegas e Água de Coco. Assim, esse sexteto é imbatível para quem quer aumentar a imunidade e, ao mesmo, tempo cuidar da saúde visual. Ovos, a exemplo de vegetais verde escuros, contêm a luteína, que está presente na mácula, região do olho responsável por proteger a retina contra os raios solares. E, dessa forma, minimizar a Degeneração Macular. A luteína é responsável por retardar o dano oxidativo da retina. Já os carotenoides, presentes principalmente na cenoura, ajudam a melhorar a qualidade da visão noturna.

A Vitamina C é excelente para eliminar os radiciais livres e os ômegas para regular a produção de lágrimas. Enquanto que a Água de Coco é comparada por algumas pessoas ao leite materno. A água de coco contém 47% de ácido hialurônico, substância que também compõe nosso humor vítreo. Ou seja, trata-se de um alimento que nutrir a “geleia” que compõe seu olho. Outro benefício da água de coco é que ela ajuda a reduzir a pressão arterial.

Qualidade da visão X emoções

A saúde dos olhos está diretamente relacionada à saúde emocional. Podemos dizer que quando você está de bem com a vida e emocionalmente equilibrado(a), sua visão vai bem. O inverso também é verdadeiro: quando você está mal, sua saúde visual vai mal.

Dessa forma, comece a reparar em como sua visão reage às suas emoções. Preste atenção em como você está enxergando depois de uma briga, por exemplo. Além disso, também observe sua visão, após um dia de estresse no trânsito, uma semana de provas ou dias seguidos de muita correria e pressão de problemas.

É inegável que nossas emoções afetam nossa visão. Ao experimentar uma forte emoção negativa como medo, raiva, ansiedade ou dor, a visão quase sempre piora. Isso acontece até mesmo em pessoas que enxergam perfeitamente. Caso a experiência seja repetida com frequência, os efeitos podem se tornar permanentes. O que equivale dizer que nossa saúde emocional está diretamente ligada à saúde dos olhos.

 

 

 

 

 

 

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.