Início » Problemas Visuais em Crianças: Estimule seus Filhos a Fazer Exercícios

Problemas Visuais em Crianças: Estimule seus Filhos a Fazer Exercícios

Por |2018-12-13T11:57:18+00:0018 de julho de 2018|0 Comentários
Avalie este post

Problemas visuais em crianças podem ser melhorados por meio de exercícios que estimulam os olhos. A infância é um período muito bom para que elas pratiquem o método, pois a idade ajuda bastante na melhora da eficácia dos resultados. Em outras palavras: até os 12 anos – mais ou menos – é quando o organismo está se desenvolvendo rapidamente. Assim, fica mais fácil aprender e receber estímulos visuais para tratar problemas visuais em crianças. Caso a criança tenha algum problema de visão, aproveite para criar séries divertidas e trabalhar a saúde visual delas!

Problemas visuais em crianças: o que fazer?

Em primeiro lugar, mantenha a calma! Se você tem crianças na sua família com problemas de visuais, talvez o momento do diagnóstico tenha sido assustador. Pense assim: você ficou angustiado, imagina seu filho? É importantíssimo que você controle suas emoções para passar calma a criança. Quando transmitimos estresse, preocupação e ansiedade às crianças, elas podem absorver tudo isso e o quadro até piorar. Explique que está tudo bem, que será feito o tratamento e o quanto ele pode ajudar seu filho a passar por isso.

 

 

Insira exercícios visuais na rotina da criança
Quanto mais cedo começar o tratamento, melhor. E os exercícios naturais podem e devem fazer parte da rotina da criança. Lembrando que é importante também seguir o tratamento médico convencional, ir à consulta e levar em conta as considerações do profissional que acompanha seu filho. Os exercícios não anulam a visita ao oftalmologista.

Ginástica visual é feita com brincadeiras

Os exercícios para problemas visuais em crianças devem ser passados de forma que ela leve tudo como uma brincadeira. Ou seja: use brinquedos para estimular a visão do seu filho, músicas de fundo no momento dos exercícios e objetos coloridos e divertidos. Dessa forma, tudo fará sentido para a criança e a vontade de participar aumenta. Ao invés de ser exercício, as crianças vão ver tudo como brincadeira.

Leia sobre:  Crianças! Como fazer exercícios visuais com seus filhos

Se puder, escolha brinquedos para crianças que são coloridos, pois vão chamar atenção do seu filho. Opte por aqueles que exercitem outros sentidos, também. Que a criança possa ver, tocar, ouvir, sentir a textura e até mesmo interagir. Tudo é importante para o desenvolvimento integral.

Faça os exercícios em locais com luz natural

Um estudo da BBC comprovou que crianças precisam passar em média 3 horas por dia ao ar livre. É importante que ele tenha contato com a luz natural. Nós vivemos tanto dentro de ambientes fechados no dia a dia que vamos perdendo esse estímulo valioso.

Os passeios não precisam ser sob o sol, você pode andar na calçada com sombra, por exemplo, desde que seu filho tenha contato com a luz natural. E você não precisa passar as 3 horas do dia com as crianças de uma vez só. Pode sair de manhã e depois à tarde. Inclusive isso é importante para que ela também observe as nuances de cores do amanhecer e do entardecer.

Esse tipo de atitude já ajuda as crianças a terem menos chances de desenvolver a miopia, por exemplo, além de outros problemas visuais. Se ela já possui algum problema visual e já usa óculos, é ainda mais importante sair ao ar livre. Se possível, prefira escolas que tenham espaços abertos. Quanto mais alternativas, melhor.

Olhar longe

Quer outro hábito saudável para crianças? Brincadeiras à distância! Ou seja: jogar bola, pega-pega, jogar coisas longe para elas buscarem, entre outras. É importante que a criança estimule o foco longe. As crianças precisam de movimentos como correr, escalar e se expressarem com o corpo. Isso é importante para a circulação sanguínea, inclusive na região dos olhos.

Leia sobre:  Problemas Visuais em Crianças: Férias são Ótimas para o Tratamento!

Aqui as brincadeiras podem ser soltar pipa, ver desenho em nuvens, procurar passarinhos nas árvores, lançar discos e bola à distância. Todas elas estimulam o olhar longe e trabalham os problemas visuais em crianças.

Balanço longo
Com crianças pequenas, este exercício pode ser feito com elas em seu colo. O balanço e o movimento são muito benéficos para a visão dos pequenos. Brincadeiras em balanços nos parques, cama elástica ou redes desenvolvem o equilíbrio e ajudam a estimular os movimentos oculares. Para trabalhar o foco e a fixação visual acrescente jogar bolas enquanto brinca no balanço.

Visão no escuro
Também é outro estímulo necessário. Feche o quarto, deixe tudo no breu e use luzinhas para brincar com as crianças. Evite que ele use muito o computador, celular e televisão. Pelo contrário: estimule brincadeiras ao ar livre, pois ele precisa muito disso. O olho mais fraco não precisa de mais esforço e, sim, de mais estímulo para que ele não fique ainda mais fraco.

 

 

 

 

#MINHA DICA
Com o passar do tempo, pode ser que seu filho “enjoe” das brincadeiras de sempre. Por isso, chame outras crianças para participar dos exercícios. Você pode convidar os amiguinhos da escola e até parentes da mesma idade para que juntos possam se exercitar e até criar novas maneiras de fazer o mesmo exercício.

 

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

Quer saber mais e receber dicas como essa com exclusividade? Faça parte da lista VIP colocando seu email abaixo.

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão