IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

Problemas na retina como Descolamento, Retinose Pigmentar, Membrana Epirretiniana, Derrame, Trombose, Diabetes e Toxoplasmose necessitam ser tratados com exercícios visuais específicos para estimular ao máximo a circulação de sangue nos olhos. Além disso, outro exercício essencial é ativação com luz no escuro. As luzes que piscam ajudam a estimular áreas da retina onde a visão foi perdida. Também faça o Palming, que vai relaxar profundamente sua visão e as compressas frias.

Problemas na retina podem melhorar com exercício de ativação com luzes

Para usá-las, procure sentar-se em um ambiente o mais escuro possível. Empalme (exercício Palming) os olhos por cerca de seis minutos. Cubra o olho mais forte com a mão, um pano ou tampão. Ligue a luz piscante e segure-a cerca de 30 cm do olho descoberto.

Assim, consegue perceber quando está acesa e quando está apagada? Consegue distinguir suas cores? Perceba as nuances de cores, movimentos, ou o simples fato da luz estar acesa ou apagada. Dessa forma, sem sua cabeça se mover ou acompanhar os olhos, mova a luz para os lados, para cima e para baixo. Por isso, perceba até quando você consegue vê-la.

Descolamento de retina exige cirurgia

Assim, se você estiver enfrentando esse problema, procure sempre o seu médico oftalmologista e siga todas as orientações e recomendações dele. Isso porque os exercícios não vão colar a retina. Isso só é feito com a cirurgia. No entanto, o método contribui de forma significativa na recuperação da visão após a cirurgia, estimulando a circulação de sangue da região e, ao mesmo tempo, o relaxamento dos olhos.

Visualização aciona as células fotorreceptoras da retina

Descubra uma área em que a luz fique menos visível ou não visível. Segure a luz em frente a esta área, feche os olhos e visualize (imagine) que você a vê claramente. Abra os olhos e continue olhando para a luz. Repita algumas vezes essa visualização. Perceba se a imagem da luz está ficando mais clara ou brilhante.

Isso porque por meio da através da imaginação você aciona as células fotorreceptoras da retina, tornando-as mais receptivas ao contraste e cores. Já é comprovado por diversos estudos científicos que a imaginação, ou prática mental é capaz até de aumentar a massa muscular. Isso mesmo sem praticar nenhum tipo de movimento, apenas com a força do seu pensamento. Assim, use e abuse deste poder na hora de estimular sua visão.

Problemas na retina X banho no escuro

Além de ser um momento relaxante, tomar banho no escuro é uma ótima oportunidade para descansar sua visão de um dia tão exaustivo. Assim como nosso corpo, os olhos também precisam de descanso.  Dessa forma, mesmo no escuro relaxante, lembre-se de deixar seus olhos abertos e sempre piscando suave. No final você vai perceber a diferença que isso traz para nossa vida. Muitas pessoas dizem que, depois que criaram esse hábito, passaram a ter uma visão noturna muito melhor.

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.