4.3 (86.67%) 6 voto[s]

Olho Seco parece um problema simples e até sem muitas consequências. Porém, quem enfrenta esse problema sente um incomodo muito grande ou uma dependência do uso do colírio. Mas, o que é Olho Seco? Trata-se da lubrificação ou hidratação inadequada dos olhos. Uma boa produção e distribuição da lágrima é fundamental para a saúde dos nossos olhos.

Um dos principais motivos de alguma disfunção neste processo geralmente é o mau uso dos olhos. Tempo excessivo em frente ao computador ou leitura sem pausas e sem piscar corretamente, associado a fatores como ar condicionado, poluição, uso de lentes de contato e uso de alguns medicamentos alopáticos, pioram o Olho Seco.

No entanto, a boa notícia é que os exercícios e técnicas do método Self Healing melhoram na maioria das vezes rapidamente e em definitivo este problema de visão, de maneira simples e sem uso de colírios ou outros medicamentos.

 

Sintomas mais comuns do Olho Seco

  • Ardência constante;
  • Sensação de areia nos olhos;
  • Vermelhidão;
  • Sensibilidade à luz;
  • Ressecamento ocular.

Respeite e preste muita atenção aos seus sintomas, pois eles são um aviso de que algo não anda bem, e que seus olhos necessitam de mais cuidados. Assim, cuidar do Olho Seco é fundamental, pois geralmente este problema de visão antecede outros mais graves, como se fosse um alerta.

Usar colírios lubrificantes pode ajudar e resolver em um primeiro momento, mas o importante é cuidar da causa, e não ignorar este aviso que os seus olhos estão te enviando de que eles não estão saudáveis.

Por estas e outras razões os exercícios são fundamentais, pois agem na causa do problema, sendo assim mais efetivos também.

Crie o hábito de piscar os olhos sempre!

Com exercícios simples podemos evitar essa situação e não precisar mais de colírio para Olho Seco. Piscar ajuda a aumentar a produção e qualidade das lágrimas, pois relaxam a visão, evitando Olho Seco durante a noite ou Olho Seco na gravidez.

Hoje em dia piscamos pouco, pois realizamos muitas atividades que necessitam concentração e esforço ocular. Procure prestar a atenção em como você pisca os olhos…é pouco frequente? É tenso? Se sua resposta for sim, aliada à um ambiente poluído e com ar condicionado, seus olhos ficarão pouco lubrificados.

Assim, procure piscar com maior frequência, e sem esforço. Deixe seus olhos abrirem e fecharem suavemente.

Tratamento natural para Olho Seco

Para ficar mais consciente de piscar e melhorar o controle sobre os olhos faça o seguinte exercício: feche um dos olhos e coloque levemente sua mão sobre ele, enquanto pisca suavemente o outro olho. Seu objetivo é não sentir mover o olho que está tampado, enquanto pisca o olho descoberto. Faça com os dois olhos. É difícil no começo, mais quanto mais relaxada, devagar, e consciente for sua piscada, o exercício vai se tornando mais fácil. Se você já tem um olho muito seco por conta de alguma síndrome, vá adicionando os exercícios aos poucos em sua rotina.

 

Outros hábitos importantes para evitar Olho Seco

Além de piscar e fazer os outros exercícios de relaxamento ocular, outras dicas são: não esfregar os olhos, evitar ar condicionado e ambientes poluídos, beber muita água, evitar máscara para dormir e se alimentar adequadamente. É sempre recomendado consultar o oftalmologista.

Mesmo que você não tenha Olho Seco, ou qualquer outro problema nos olhos, o piscar é muito importante para manter sua visão saudável. Essas técnicas, além de estimularem a lubrificação ocular, proporcionam alguns milésimos de segundos de descanso aos olhos, na medida em que a pálpebra se fecha.

Olho Seco tem tratamento?

Sim, é possível melhorar a condição de Olho Seco e inclusive evitar o uso de colírios. Confira como evitar esse problema com as dicas abaixo:

Massagem nos cílios

Passe levemente passe seus dedos por seus cílios em um movimento de vai e vem, com os olhos fechados. Procure não tocar sua pálpebra, mas somente seus cílios. Imagine quando piscar que a força que sobe e desce a pálpebra vem dos cílios.

Evite piscar com a testa, ou com a mandíbula, pois é isto que fazemos quando estamos tensos. Concentre-se em deixar o restante dos músculos faciais relaxados enquanto pisca nesse exercício para Olho Seco.

Abrir e fechar os olhos por partes

Abra os olhos, mas muito gradualmente, em estágios – primeiro um quarto, depois metade, depois três quartos, e ao final, por completo. Feche-os da mesma maneira. Depois pisque rapidamente para aliviar qualquer tipo de tensão. Repita essa sequência diversas vezes.

Estas técnicas de tratamento olhos secos podem ser feitas várias vezes ao dia, e são indicadas antes de iniciar a leitura de um livro, ou o uso do computador. Assim, durante estas atividades, você terá mais consciência de seus olhos, e piscará com maior frequência e qualidade, evitando o olho seco.

O método Self-Healing proporciona a saúde dos olhos, e quando digo saúde quero dizer uma boa lubrificação, um bom foco, relaxamento, movimento, adaptação à luz do dia, boa visão noturna, periférica e de detalhes. Fatores fundamentais para manter sua visão em pleno e bom funcionamento de forma natural.

Livre-se dos colírios

Com a prática regular dos exercícios, não haverá mais necessidade do uso de colírios. Isso porque mesmo os considerados lágrimas artificiais, muitas vezes, têm conservantes, que com o uso prolongado se acumulam em seus olhos, podendo causar lesões na córnea e outros efeitos colaterais.

Nossos olhos funcionam muito bem, produzindo e escoando as lágrimas. É esse sistema que causa a sensação de olho úmido e fresco. A lágrima natural espalha anticorpos, levando saúde e minerais para nossa visão. Isso é importante para a proteção e vitalidade para nossos olhos.

Quando você aplica colírios lubrificantes nos olhos, eles podem entender que não precisam produzir tanta lágrima nem trabalhar o sistema de produção na máxima potência. Mesmo colírios sem substâncias químicas fazem isso.

Ao recorrer para um método externo de lubrificação para os olhos, você cria um ciclo vicioso. Dessa forma, vai achar que sempre precisa dos colírios lubrificantes e até imaginar que seus olhos pedem por eles.

Uma forma de se livrar dessa dependência é relaxar os olhos. Aproveite para praticar exercícios visuais, usar compressas e descansar entre o uso do computador. Sentiu o olho seco? Procure primeiro entender o motivo.

Aviso Importante

Aqui não estou falando dos colírios medicamentosos e muito menos dos colírios indicados para tratar o Glaucoma. Os exercícios visuais podem beneficiar quem tem a doença, mas o produto só pode ser retirado do tratamento com a autorização do seu médico oftalmologista.

Saiba porque recomendo evitar o uso de colírios lubrificantes no vídeo abaixo:

 

Depoimentos de alunos que se livraram do Olho Seco

Jerusa deixou para trás o problema do Olho Seco:

 

Marilda reduziu os sintomas de Olho Seco:

 

Ortencila diminuiu Olho Seco Vista Cansada com exercícios:

 

Maria Cristina não usa mais colírios para Olho Seco:

 

Márcia se livrou do Olho Seco:

 

Dúvidas frequentes sobre Olho Seco

Quais são os sintomas de Olho Seco?

Normalmente, os sinais mais comuns e frequentes da ocorrência de Olho Seco é ardência constante e sensação de areia e coceira nos olhos; além de vermelhidão e irritação, sensibilidade à luz e ressecamento ocular. Uma das causas de alguma disfunção na lubrificação dos olhos geralmente é o mau uso dos olhos.

O que é secura nos olhos?

É um sintoma clássico da Síndrome do Olho Seco, que se caracteriza pela lubrificação ou hidratação inadequada dos olhos. Uma boa produção e distribuição da lágrima é fundamental para a saúde visual. Um dos principais motivos de alguma disfunção neste processo natural geralmente é o mau uso dos olhos.

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.