5 (100%) 1 voto

Olho dominante é aquele que tem mais participação no processo da visão, levando até a retina as imagens que são formadas pelo cérebro. Mas, você pode perguntar: por que tão é importante identificá-lo? O principal motivo é deixar de sobrecarregá-lo e, principalmente, estimular o olho mais fraco com os exercícios corretos.

É fundamental destacar que a maioria das pessoas tem uma diferença na capacidade visual dos dois olhos. Isso significa que um deles enxerga melhor e participa mais da visão do que o outro. Esse olho mais participativo é o que chamamos de dominante.

Dessa forma, alguns exercícios visuais são especialmente formatados para ajudá-lo(a) a fortalecer e equilibrar o uso da visão. Quando nós temos um olho mais fraco, acabamos sobrecarregando aquele que é mais forte. E aí o equilíbrio não acontece de forma que haja uma melhora do olho ruim, vamos dizer assim. Mas, sim, piorando o que estava bom – algo que não queremos para nossa saúde visual, certo?

Assim, é muito importante para um bom funcionamento do sistema visual trabalhar o equilíbrio do uso dos dois olhos. Existem muitos exercícios e técnicas que podemos utilizar para tentar igualar a visão dos dois olhos. E para isso você precisa ter consciência de qual olho participa mais de sua visão e que domina todo esse processo.

Semana Mais Visão Mais Vida

Quer ter acesso às dicas e aos exercícios gratuitos para melhorar e recuperar a visão de forma natural? Você poderá  aprender tudo de forma gratuita e online na Semana Mais Visão mais Visão, que acontecerá de 28 de janeiro a 01 de fevereiro.

Garanta o seu lugar aqui ▶️ https://tatigebrael.com/workshop-turma-11-mobile

 

Olho dominante: como identificar qual é ele?

Uma das maneiras mais comuns de descobrir qual é o seu olho dominante é indo ao oftalmologista, e assim obtendo uma informação mais precisa sobre seus olhos. No entanto, vou te ensinar aqui uma maneira fácil e prática de descobrir qual olho é mais forte para longe, ou seja, dominante para visão a distância.

Com as duas mãos faça o formato de um triângulo, ou seja, encoste as duas mãos formando um buraco no formato de um triângulo. Posicione o triângulo cerca de 30 cm do seu rosto, no centro, entre os dois olhos. Com os dois olhos abertos mire em algum objeto longe, através do triângulo. Por exemplo, mire uma árvore em um pátio, ou uma placa em uma rua.

Agora feche seu olho direito e olhe somente com o esquerdo, mantendo as mãos na mesma posição. Abra o direito agora e feche o esquerdo. Perceba se o objeto em algum momento se desloca do centro do triângulo. A visão do objeto no centro do triangulo é a visão de seu olho dominante.

Assim, por exemplo, veja se com o olho direito aberto o objeto está no centro do triangulo. E quando você fecha o olho direito e olha com o esquerdo, o objeto se desloca do centro, então seu olho dominante é o direito.

Confira aqui as minhas dicas para estimular o olho mais fraco e equilibrar a visão

Se fazendo o teste, o objeto se desloca na visão dos dois olhos, ou seja, quando você fecha o direito ele se desloca, e quando fecha o esquerdo também, seu olho dominante é aquele que o objeto se deslocou menos do centro.

Muitos de vocês já devem saber qual o olho mais forte para longe. Porém quando a diferença não é tão grande este teste simples pode ajudar a descobrir.

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.