Início » Miopia e Astigmatismo Juntos: Como Tratar Desses Dois Problemas

Miopia e Astigmatismo Juntos: Como Tratar Desses Dois Problemas

Por |2018-12-03T17:02:19+00:003 de dezembro de 2018|0 Comentários
5 (100%) 3 votos

Miopia e Astigmatismo juntos: como tratar esses dois problemas de visão que — em geral — estão associados? Quais são as características dessas alterações visuais? Muitas vezes, quem tem Miopia, dificuldade para ver de longe; também apresenta sinais de Astigmatismo, que é a alteração visual que pode resultar em uma visão borrada ou distorcida em todas as distâncias, independente do grau da doença.

A Miopia atinge cada vez mais um maior número de pessoas e diga-se de passagem: jovens! Alguns estudos dizem que em 2050 mais da metade da população será míope. Assim, não é exagero dizer que essa estatística alarmante tem como base – principalmente – o uso excessivo da tecnologia, que deve prejudicar — em especial — a visão de crianças e adolescentes.

A característica básica da Miopia é a focalização da imagem antes dela chegar à retina. Isso significa dizer que o míope enxerga objetos próximos com nitidez. Porém, os mais distantes ficam desfocados e visualizados como se estivessem embaçados.

Já o Astigmatismo resulta em uma visão borrada ou distorcida em todas as distâncias, independente do grau da doença. Afeta pessoas de qualquer idade e que — em geral — também apresentam quadros de Miopia ou Hipermetropia.

No Astigmatismo, a córnea ou o cristalino não são uniforme e redondos, mas curvos, semelhante ao formato de um dirigível. Isso faz com que os raios de luz não sejam refratados de forma correta e a imagem não fique igualmente focada. A visão parece borrada, dando origem a esse tipo de problema visual.

Miopia e Astigmatismo juntos: com exercícios dá para melhorar as duas alterações visuais

Pessoas míopes estão mais sujeitas a Descolamento de Retina. E eu venho alertando vocês, meus seguidores nas redes sociais e, claro, meus alunos do curso online sobre isso. Por isso, é tão importante a mudança de hábitos visuais como forma de prevenir a Miopia e demais doenças visuais.

Segundo informações divulgadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), os casos de Miopia aumentaram e a epidemia já é considerada o mal do século. Mas, aí você pode dizer: tudo bem pode-se usar os óculos. No entanto, posso lhe dizer que a Miopia é só a ponta do iceberg de outras doenças como Descolamento de Retina, por exemplo.

Leia sobre:  Problemas de visão - Como melhorar a vista com meditação

Dessa forma, nós queremos sair dessa estatística, certo? E, para isso, a dica é simples: cuide da verdadeira causa do seu problema visual. Os exercícios estão aí para isso. Vamos praticá-los?

Se forem realizados de forma regular, os exercícios podem diminuir progressivamente o grau dos óculos

Assim, a pessoa com Miopia basicamente enxerga à distância com dificuldade, de forma embaçada e sem foco. Muitas vezes, sente dores de cabeça e cansaço nos olhos, principalmente, quando precisam dirigir ou fazem esforço para enxergarem à distância.

No entanto, quem é míope tem diversas condições para melhorar a saúde dos olhos e diminuir o grau dos óculos, já que são muito dependentes deles, evitando a cirurgia de Miopia. Isso apenas inserindo exercícios visuais em sua rotina. 😉

Dessa forma, com os exercícios visuais, podemos diminuir o grau dos óculos progressivamente e tornar os olhos mais saudáveis. Assim como criamos a Miopia com maus hábitos visuais, existe a possibilidade de regressão da doença com o treinamento visual. Assim, Miopia tem tratamento sem que você tenha que recorrer a cirurgia para correção desse problema.

Como são os olhos de pessoas míopes?

O Astigmatismo pode ocorrer em combinação com a Miopia quando a córnea é curva demais ou o olho é mais longo do que o normal. Em vez de se focar justamente na retina, a luz é focalizada na frente da retina, resultando em uma aparência embaçada para objetos distantes.

Também pode ocorrer de o Astigmatismo estar ligado à Hipermetropia. Nesse caso, a córnea é pouco curva ou o olho é mais curto do que o normal. O efeito é o oposto da Miopia. Quando o olho está em um estado de relaxamento, a luz é focada na parte de trás, fazendo com que objetos próximos fiquem embaçados.

 

4 Cuidados básicos com a córnea para adotar no dia a dia

Mantenha sua córnea lubrificada

A córnea é a primeira camada do olho, uma membrana que fica logo na frente e por onde a luz passa. Ela precisa estar bem úmida e, para isso, você precisa piscar. Isso mesmo! Pisque a cada três ou quatro segundos para garantir que sua visão fique sempre lubrificada. Além disso, a lágrima também ajuda a proteger os olhos, já que espalha anticorpos que inibem os agressores que possam vir pelo ar.

Leia sobre:  Os Melhores Exercícios Visuais para Crianças são Brincadeiras Simples

 

 

Tire da sua rotina o mau hábito de forçar e esfregar os olhos

Quando isso acontece, você cria uma espécie de Astigmatismo temporário. Por isso, ao esfregar, coçar, forçar e apertar, a visão fica embaçada porque você modifica o formato da sua córnea. Ela é uma estrutura flexível, depois volta ao normal. Porém, se você apertar os olhos frequentemente, acaba mudando o formato das córneas e criando um problema visual.

Nunca force sua visão

O Astigmatismo tem tratamento natural. Então, ter bons hábitos ajuda nisso. Se sentir algum incômodo é porque está com os olhos estressados e o descanso é necessário. Caso algo tenha caído no olho ou precise coçar, use a costa da sua mão! Passe-a levemente no olhar, como se fosse um tecido de seda.

Evite usar lentes de contato

Você também precisa do oxigênio nos olhos. Por isso, evite as lentes de contato. Elas dificultam a absorção dessa substância. O oxigênio é importantíssimo para você enxergar bem e uma das formas dele chegar à sua visão é por meio da córnea. Se você usa a lente de contato, você dificulta esse processo.

Dessa forma, para melhorar isso, invista nos exercícios visuais e use os óculos somente quando necessário. Os exercícios são naturais e auxiliam na redução de grau. Também não faça uso contínuo das lentes de contato. Deixe-as para ocasiões especiais e esporádicas.

Mais dicas de exercícios para Miopia

Olhar longe

Assim, treinar o olhar à distância é essencial para quem sofre de Miopia. No entanto, faça isso sem óculos! Dessa forma, quebre esse preconceito de que é difícil ver longe sem óculos.

Estimular a Visão Periférica

Míopes são muito dependentes de óculos, cujo o uso estimula (e sobrecarrega) somente a visão central. No entanto, além de exercitar a visão à distância, precisam treinar a visão lateral com exercícios específicos.

Sunning e Palming

Dois exercícios indispensáveis no programa de treinamento visual, que vão movimentar seus olhos. Ou seja, vão influenciar na mudança do formato deles e ajudar a tratar a miopia.

 

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

Quer saber mais e receber dicas como essa com exclusividade? Faça parte da lista VIP colocando seu email abaixo.

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão