1 (20%) 1 voto

Estresse visual: é muito comum nós esperarmos que nossos olhos fiquem “cansados” para dar pausas nas tarefas ou atividades do dia a dia. E, muitas vezes, mesmo com a visão cansada, ainda continuamos em frente ao computador, celular ou TV. Hoje, estamos o tempo todo conectados às telinhas!

Dessa forma, quando nossos olhos começam a coçar ou a ficar mais secos ou mesmo a doer já se trata de um indicativo que estão cansados e sobrecarregados. Por isso, pelo bem da sua saúde visual, o ideal é não deixar chegar a esse estágio! Ou seja, tente evitar – ao máximo – o estresse visual: pare antes de cansar seus olhos. Assim, fazer paradas estratégicas, antes que eles entrem nesse processo de cansaço, pode ajudar a mantê-los sempre lubrificados e relaxados, por exemplo.

Estresse visual: é preciso fazer paradas estratégicas

Hoje, a maioria das pessoas passa muitas horas em frente ao computador seja para trabalhar, estudar ou mesmo se informar. Assim, é de extrema importância parar antes que seus olhos avisem que estão cansados!

4 indicadores clássicos que sua visão pode estar sobrecarregada

Fique sempre atento(a) a esses sinais e tente inserir pequenos exercícios em sua rotina para driblar a fadiga visual.

Olho Seco

Quando estamos em frente ao computador ou celular, a tendência dos nossos olhos é entrar em “modo congelado”. Por isso, é tão importante piscar os olhos de forma regular (minha dica é piscar de três em três segundos) e também relaxar com o Palming. O efeito imediato é o aumento na lubrificação dos olhos, com a consequente diminuição da sensação de olho seco.

Coceira nos Olhos

É um sinal clássico de que seus olhos podem estar sofrendo com o estresse visual. Isso, claro, se você não tiver nenhum outro sintoma de algum problema mais sério, que deve ser descartado pelo seu médico oftalmologista. Se você força demais seus olhos ao longo dia, eles podem ficar irritados e começar a coçar. Por isso, veja no vídeo abaixo como aliviar e evitar a coceira nos olhos.

 

Visão embaçada

Durante o dia, tente ficar sem os óculos por alguns pequenos períodos. Busque uma janela, ou até no horário do seu almoço, pegue um livro e vá para o sol. Leia por alguns minutos. Você vai perceber que depois dessa experiência, você enxergará melhor, pois a luz do sol aumenta o contraste entre a letra e o papel. Quanto mais luz, mais fácil de ler! E a luminosidade solar é a ideal para nossos olhos porque vai exercitar a abertura da nossa pupila tão renegada a segundo plano por conta de estarmos o tempo todo em ambientes fechados, com luz artificial.

 

Dor nos olhos

Se os seus olhos doem, o primeiro passo é não ignorar essa dor, pois ela é sinal de que algo não está bem, ou seja, é um sintoma. Portanto, vá ao seu médico oftalmologista e descarte a possibilidade de qualquer doença mais grave na visão. Dessa forma, quando os exames não acusam nada mais complicado, muito provavelmente a causa dessa dor é o estresse visual. Ou em outras palavras: o uso indiscriminado dos seus olhos sem descansar! E isso é mais comum do que a gente imagina. No vídeo abaixo, eu explico como relaxar os olhos e se livrar do estresse visual.

Leia sobre:  Brincadeiras infantis podem se tornar exercícios visuais

 

 

Dicas de pequenos exercícios para evitar a fadiga visual

O que você pode fazer para mudar essa situação é criar alguns hábitos com pequenos exercícios práticos e simples para ajudar a manter seus olhos descansados. Isso porque mesmo fazendo pausas estratégicas ao longo do dia, os olhos ainda podem sofrer com os efeitos do cansaço.

Crie um alarme no celular para as paradas estratégicas

O ideal é descansar os olhos de 50 em 50 minutos. Porém, se você sentir o cansaço antes desse período, coloque o alarme para despertar de 45 em 45 minutos, por exemplo. Ou até diminuir para 40 minutos. A tendência é que ao longo do dia essa frequência da pausa diminua. Com isso, você vai conseguir evitar que sua visão já inicie o processo de fadiga.

Aproveite a pausa para olhar longe

No seu trabalho, você levanta da sua mesa e vai tomar água ou café. Nesse pequeno tempo, aproveite para olhar longe pela janela ou mesmo dentro do próprio escritório. Assim, seus olhos saem do “modo congelado” tão estimulado pelas telinhas do computador, celular e da TV também.

Faça massagens rápidas ao redor dos olhos

Dessa forma, aproveite a pausa tirada para tomar água, café ou mesmo ir até o banheiro e faça uma massagem rápida ao redor do olhos. Isso vai deixar sua visão mais relaxada. Outra alternativa é realizar um Palming rápido. Todos esses pequenos hábitos – se realizados de forma regular – vão contribuir para que seus olhos fiquem cada vez menos cansados.

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.