Início » Estrabismo

Estrabismo

Por |2018-12-03T12:10:29+00:001 de dezembro de 2018|0 Comentários
4.8 (96%) 5 votos

Estrabismo é uma alteração visual que afeta o alinhamento dos olhos. Dessa forma, os olhos não apontam para a mesma direção, não ficam paralelos, provocando um desvio. Esse desequilíbrio se dá na função dos músculos oculares controlados pelo cérebro por impulsos nervosos.

Crianças podem apresentar Estrabismo já no início da vida ou, ainda, durante a infância. Quando surge no adulto, ou na criança grande, o primeiro sintoma é a Diplopia (Visão Dupla). Nos estrabismos adquiridos mais cedo, em bebês, por exemplo, não há esse sintoma de visão duplicada.

Olho estrábico

Olhos estrábicos focalizam e enviam ao cérebro duas imagens diferentes. Crianças costumam ignorar a imagem do olho desviado. Assim, o cérebro acostuma a formar apenas uma. Já adultos, desenvolvem Diplopia (Visão Dupla). Isso porque seus cérebros já estavam habituados a focalizar imagem única, com os dois olhos.

Tipos de Estrabismo

Há várias classificações (CID Estrabismo H50). Ele pode ser convergente quando o olho desviado está voltado para a direção do nariz. No estrabismo divergente, os olhos ficam desviados para o lado. Enquanto que no Estrabismo vertical, o olho afetado está para cima ou para baixo. Também pode ocorrer a combinação desses tipos de Estrabismo.

Principais causas do Estrabismo

Entre as doenças oculares a Catarata Congênita e alto grau de Hipermetropia podem causar o Estrabismo, além de baixa visão nos olhos (Ambliopia). Como os músculos dos olhos são controlados pelo cérebro, alterações que afetam esse órgão são – com frequência — acompanhadas de Estrabismo. Alguns exemplos são paralisia cerebral, Síndrome de Down e hidrocefalia, além de prematuridade, viroses, traumas na cabeça (por acidentes) e tumores cranianos Doenças metabólicas como Diabetes e que afetam a tireoide também pode provocar desvio dos olhos.

Exercícios para Estrabismo

Estrabismo tem tratamento. Com os exercícios visuais corretos (feitos de forma regular), além de muito relaxamento e massagens nos olhos, é possível evitar a cirurgia de Estrabismo.

Relaxamento é essencial

Tanto o Estrabismo como a Ampliopia (Olho Preguiçoso) trazem muita tensão aos olhos. Isso porque nessas duas alterações visuais o esforço para enxergar é grande e muito estressante para a criança. Por isso, é fundamental que sejam feitos exercícios de relaxamento, massagens e compressas mornas.

 

Estimule seu olho mais fraco

 

Crianças com Estrabismo

A visita ao oftalmologista e ou optometrista é extremamente importante. Por meio da consulta também saberemos qual o olho da criança é mais forte, qual desvia, e para qual direção ele desvia.

Assim, com essas informações poderemos trabalhar com a oclusão do olho mais forte e estimulação do olho mais fraco. Quando bebê, a oclusão pode ser feita com a mão. Tampe delicadamente o olho mais forte dele e estimule o olho mais fraco mostrando-lhe brinquedos coloridos e brilhantes, que chamem a atenção do olhar.

 

Crianças com Estrabismo e Ambliopia (Olho Preguiçoso): como usar o tampão

Não deixe que crianças com Estrabismo e Ambliopia (Olho Preguiçoso) coloquem o tampão e fiquem na frente da TV ou do computador. É preciso brincar. Vá com ela jogar bola ao ar livre, pois o olho mais fraco precisa de estímulos. Ele não precisa se esforçar para enxergar detalhes muito pequenos, porque isso vai cansar ainda mais o olho. É um erro que acontece muito em alguns tratamentos convencionais que deixam a criança com o tampão o dia inteiro sem intervalos.

Muitos pais relatam a dificuldade de crianças com Estrabismo e Ambliopia em acostumar com o uso do tampão. Uma forma de facilitar esta adaptação de crianças com Estrabismo e Ambliopia é incorporar o tampão como um objeto comum na vida da família. Coloque o mesmo também nos bichinhos de pelúcia da casa.

Brincar de pirata vai estimular o uso do tampão de uma forma divertida.

Brinque de pirata, faça desenhos da família com todos utilizando os tampões, assim como o adicione nas fotos dos porta-retratos. Seja criativo no uso da oclusão e de vez em quando, utilize mascaras de super heróis ou óculos coloridos que exerçam a mesma função. Isso vai estimular crianças com estrabismo e Ambliopia a se dedicar aos exercícios e — ao mesmo tempo — se divertir!

Estimule o alongamento do olho mais fraco

Com o tampão, estimule o alongamento do olho mais fraco na direção oposta a que ele desvia, ou seja, se o olho da criança desvia para dentro, mostre objetos para que ela olhe para fora, e vice-versa. Jogue bola na direção em que você pretende que ela olhe. Segure-a em frente ao espelho e incline-se para que ela olhe na direção que você quer alongar o olho.

Leia sobre:  Diplopia (Visão Dupla)

Depois dos quatro anos você pode mostrar números ou letras para que a criança identifique, forme palavras ou faça contas, sempre olhando na direção oposta à que o olho desvia.

  • As brincadeiras com movimento e bolas são muito indicadas, com ou sem tampão;
  • Brincar com bexigas e movimento;
  • Utilizar brinquedos como bolas, corda, cama elástica, bambolê e discos;
  • Brinquedos que estimulam mira e foco também são indicados como, acertar argolas, boca do palhaço, boliche, tiro ao alvo;
  • Brincar com Vai-e-Vem estimula a movimentação ocular e a mudança de foco.

 

Depoimentos de alunos que melhoraram de Estrabismo

O filho de Sueli – Vitor de dois anos – melhorou 99% do Estrabismo:

 

Lia, de 11 anos, tratou Estrabismo com exercícios visuais:

 

Valdely venceu o Estrabismo e a Hipermetropia:

 

Dúvidas mais frequentes sobre Estrabismo

O que é desvio no olho?

Trata-se de uma característica do Estrabismo quando os olhos não ficam paralelos e não apontam para a mesma direção, afetando o paralelismo dos olhos. Esse desequilíbrio causa Diplopia (Visão Dupla). O desvio pode ser convergente (voltado para o nariz) ou divergente (deslocado para os cantos externos).

Quais são as causas do estrabismo?

Algumas doenças oculares como Catarata Congênita e alto grau de Hipermetropia podem causar o Estrabismo, assim como problemas metabólicos (Diabetes e alterações na tireoide). Também pode ser provocado por paralisia cerebral, Síndrome de Down e hidrocefalia, além de traumas na cabeça e tumores craniano.

O que é estrabismo convergente?

Estrabismo convergente ocorre quando o olho desviado está voltado para a direção do nariz. Ou seja, é um tipo de Estrabismo em que os olhos ficam desviados para dentro. O efeito desse desequilíbrio é o surgimento da Diplopia (Visão Dupla). Assim, não se consegue ver a mesma imagem com os dois olhos.

O que é exotropia?

É uma classificação específica do Estrabismo quando um ou os dois olhos se deslocam para fora, para os cantos externos. Assim, sem paralelismo normal da visão, a pessoa não consegue enxergar a mesma imagem com os dois olhos, tendo uma visão dupla. Dessa forma, os objetos parecem chapados e sem profundidade.

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

Quer saber mais e receber dicas como essa com exclusividade? Faça parte da lista VIP colocando seu email abaixo.

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão