Início » Diabetes: Porque é Importante a Prevenção da Doença para os Olhos

Diabetes: Porque é Importante a Prevenção da Doença para os Olhos

Por |2018-11-14T23:02:23+00:0014 de novembro de 2018|0 Comentários
Avalie este post

14 de novembro de 2018 é o Dia Mundial do Diabetes. Por isso, vou aproveitar a data para falar um pouco sobre como essa doença afeta a saúde visual. Mas antes disso gostaria de compartilhar com vocês alguns dados muito relevantes.

O Brasil está em quarto lugar no ranking dos países com mais diabéticos no mundo. São cerca de 12,5 milhões de cidadãos convivendo com a doença, praticamente uma cidade de São Paulo, a mais populosa do país.

Além disso, estima-se que 40% das pessoas com a condição não saibam do seu diagnóstico. E menos de 30% dos pacientes em geral estejam com a glicemia controlada.

Diabetes X Saúde Visual

Diabetes é um mal silencioso. Considerada uma doença crônica que surge pela deficiência de produção e/ou ação da insulina (hormônio produzido pelo pâncreas) responsável pelo controle da glicose no sangue, afeta diretamente a saúde visual. Além dos olhos, há também comprometimento dos rins e, consequentemente, da qualidade de vida.

Saber que a diabetes tem a ver com a visão embaçada é algo básico. A doença pode, sim, se estiver fora de controle provocar cegueira. É um perigo e uma complicação real!

 

QUEM TEM DIABETES PRECISA SE ATENTAR A ISSO

Estão abertas as inscrições para a TURMA EXTRA do curso Olhos de Águia, só que por tempo LIMITADO! Garanta sua inscrição aqui ▶️ http://tatigebrael.com/turma10COMENTE e COMPARTILHE para que você possa ajudar mais pessoas com esse conteúdo.

Posted by Tatiana Gebrael on Tuesday, October 23, 2018

 

Leia sobre:  Degeneração macular: exercícios infalíveis para quem sofre com esse problema visual

Diabetes afeta a circulação do sangue nos olhos

Dessa forma, para resolver isso o que o cérebro faz? Cria pequenos vasos para poder ajudar a irrigar e levar sangue para a região (uma forma do corpo de tentar salvar sua visão!).

No entanto, esses ‘novos vasinhos’ nascem muito frágeis, ou seja, se rompem com facilidade, estouram. E a consequência disso são os sangramentos na retina, que caracterizam a retinopatia diabética. No tratamento convencional, é aplicado laser para secar esses vasos. Um procedimento invasivo e doloroso. E mais: onde o paciente toma um ‘tirinho’ de laser há perda visão porque queima aquela parte da retina.

Algumas sessões de laser são feitas com 150 a 200 tiros. Ou sem outras palavras: são centenas de micro pontos da retina que ficam cegos em cada sessão. Assim, o problema de cegueira – no longo prazo – surge tanto do sangramento dos vasinhos quanto do tratamento em si. Por isso, é tão importante tratar a diabetes!

Exercícios para Retinopatia Diabética

Melhorar a circulação sanguínea é fundamental. Portanto, você pode fazer a automassagem 20 minutos por dia.

Relaxar o pescoço também é importante.

Para preservar a mácula (situada na retina), olhe para detalhes.

 

Tapotagem: Depois de massagear rosto, cabeça, pescoço e ombros, dê batidinhas rápidas com as pontas dos dedos em cada osso do corpo. A tapotagem ajuda a estimular a produção de sangue. Deixe seus punhos soltos, e faça essas batidinhas no corpo todo.

Leia sobre:  Formato dos olhos x diminuição de grau dos óculos

Sentado, segure os pés com as mãos e esfregue um pé no outro, com o intuito de esquentar e aumentar a circulação sanguínea para essa região.

Caso haja perda de visão, o exercício com estimulação luminosa também é recomendado.

 

 

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

Quer saber mais e receber dicas como essa com exclusividade? Faça parte da lista VIP colocando seu email abaixo.

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão