IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação. Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

Dia Mundial da Visão: para lembrar a data, que todos os anos é comemorada no mês de outubro,  fiz uma aula ao vivo, no último dia 10. Dessa forma, o objetivo foi atualizar meu público sobre números divulgados recentemente pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e, principalmente, responder dúvidas gerais sobre alguns problemas visuais específicos. Além disso, eu pude ensinar exercícios gerais do método natural de melhora da visão, que são a base da prática para cuidar de várias alterações.

Segundo levantamento da OMS, hoje existem 1 bilhão de pessoas em todo mundo com algum tipo de deficiência visual, que não é corrigida e tratada. A informação consta do primeiro relatório mundial sobre visão, publicado pela entidade no último dia 08 de outubro. Globalmente são 2,2 bilhões de pessoas com algum tipo de problema de visão. E destaco aqui que 25 milhões de pessoas já assistiram meus vídeos no YouTube. Ou seja, mesmo sendo muita gente acessando meu trabalho, infelizmente, não é nada diante dessas estatísticas alarmantes de pessoas que não conseguem sair do ciclo de doenças da visão.

No entanto, posso dizer que eu, minha família e os 18 mil alunos do meu curso Olhos de Águia temos muito o que comemorar no Dia Mundial da Visão, pois não fazemos parte dessa triste estatística de pessoas que continuam no ciclo de piora. O segredo? Não é segredo: sabemos como cuidar da saúde dos nossos olhos por meio do método de tratamento natural da visão.

Dia Mundial da Visão: estatística da OMS reflete crescimento dos maus hábitos visuais

Um dos pontos importantes de observar esses números da OMS é que as estatísticas sobre a piora da qualidade da saúde visual aumentam a cada ano. Assim, podemos concluir que se trata de uma epidemia e não de problemas genéticos, que são passados de forma hereditária. Quando falamos de epidemia, estamos abordando deficiências adquiridas. O lado bom disso é que, como se trata de maus hábitos visuais, nós podemos reverter e fazer algo para mudar esse quadro!

Nesta aula especial, eu mostro exercícios gerais que funcionam e são a base para tratar os problemas de visão de forma natural. Então, você vai ver que eu sorteio algumas doenças para falar mais detalhadamente como Retinose Pigmentar e Presbiopia ou Vista Cansada. Porém, os exercícios também vão servir para as outras alterações de visão. As minhas aulas ao vivo, os meus vídeos do YouTube e as aulas da Semana Mais Visão Mais Vida, ou seja, todo o conteúdo gratuito disponibilizado, são de exercícios gerais.

A diferença das aulas do curso online avançado é que lá você vai ter acesso aos exercícios específicos para o seu problema. Assim, poderá conhecer toda a sequência especial para o seu caso. Além disso, há esclarecimento de dúvidas, acompanhamento e monitoramento dentro do curso Olhos de Águia, o que vai deixar a prática mais aprofundada e com probabilidade maior de rapidez e de resultado com todo o método.

 

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.