5 (100%) 4 votos

Vários dos meus alunos já diminuíram e até zeraram o grau sem precisar fazer cirurgia, apenas aderindo às práticas mais saudáveis para seus olhos. Muitos dos problemas oculares são resultados dos maus hábitos que temos com nossa visão. Por isso, é importante, antes de tudo, entender seus olhos e como eles funcionam.

O que é astigmatismo?

O astigmatismo pode ser reduzido e melhorado, mas você primeiramente precisa entender o que ele causa em seus olhos. O astigmatismo é uma alteração visual. Ele pode resultar em uma visão borrada ou distorcida em todas as distâncias, independente do grau da doença. Ele afeta pessoas de qualquer idade e que geralmente também apresentam quadros de miopia ou hipermetropia.

Somente quando os raios de luz passam para dentro dos olhos e se concentram em um único ponto de sua retina, na parte de trás do olho, as imagens transmitidas para seu cérebro por meio da visão são nítidas. O astigmatismo é quando a superfície do olho (córnea) ou o cristalino atrás dele tem uma forma irregular. Ao invés ser redondo, ele é mais semelhante ao formato de um dirigível. Como resultado, a luz não se concentra corretamente na retina e a imagem fica embaçada.

Astigmatismo tem cura? Como funciona a córnea!

Entre os sintomas estão embaçamento da visão quando você tenta se concentrar em objetos em diferentes distâncias. O astigmatismo também afeta sua visão de perto, como na leitura. Se não corrigida, a doença leva a dores de cabeça, fadiga e dor nos músculos ao redor dos olhos.

Miopia e astigmatismo: adote quatro práticas!

Há quatro cuidados essenciais com sua córnea – que é onde ocorre o astigmatismo – que você pode adicionar ao seu dia-a-dia. O astigmatismo tem cura e pode ser resolvido com práticas diárias, naturais e saudáveis. O método não substitui a visita ao oftalmologista, por isso é importante aliar os dois cuidados.

Para garantir que o astigmatismo tem cura, o primeiro cuidado que você precisa ter com seus olhos é manter sua córnea lubrificada. A córnea é a primeira camada do olho, uma membrana que fica logo na frente e por onde a luz passa.

Ela precisa estar bem úmida e, para isso, você precisa piscar. Isso mesmo! Pisque a cada 3 ou 4 segundos para garantir que sua visão fique sempre lubrificada. Além disso, a lágrima também ajuda a proteger os olhos, já que espalha anticorpos que inibem os agressores que possam vir pelo ar.

Outra dica importante é tirar da sua rotina o mau hábito de forçar e esfregar os olhos. Quando isso acontece, você cria uma espécie de astigmatismo temporário. Ao esfregar, coçar, forçar e apertar, a visão fica embaçada porque você modifica o formato da sua córnea. Ela é uma estrutura flexível, depois volta ao normal. Porém, se você apertar os olhos frequentemente, acaba mudando o formato das córneas e criando um problema visual.

Nunca force sua visão. O astigmatismo tem tratamento natural, então ter bons hábitos ajuda nisso. Se sentir algum incômodo é porque está com os olhos estressados e o descanso é necessário. Caso algo tenha caído no olho ou precise coçar, use a costa da sua mão! Passe-a levemente no olhar, como se fosse um tecido de seda.

Astigmatismo tem cura e seu olho precisa de descanso pra isso.

Você também precisa do oxigênio nos olhos. Por isso, evite as lentes de contato. Ela dificulta a absorção dessa substância. O oxigênio é importantíssimo para você enxergar bem e uma das formas dele chegar à sua visão é por meio da córnea. Se você usa a lente de contato, você dificulta esse processo.

Para melhorar isso, invista nos exercícios visuais e use os óculos somente quando necessário. Os exercícios são naturais e auxiliam na redução de grau. Não faça uso contínuo das lentes de contato. Deixe-as para ocasiões especiais e esporádicas.

Exercícios visuais para quem tem astigmatismo

Um Exercício fantástico e que ajuda muito é o ALONGAMENTO VISUAL.  O alongamento além de movimentar os músculos externos dos olhos também acaba por alongar a córnea, que precisa ser lisa e muito regular.

O exercício de alongamento visual é simples e eficaz, e ao colocar em prática você já percebe os resultados –  Caso use lente de contato ou óculos, tire-os no momento do exercício.

Posicione-se com a cabeça reta, olhando para frente. Coloque seu dedo indicador direito posicionado ao lado do rosto, em uma distância média. Com o rosto parado, olhe para o dedo – mexendo apenas os olhos. Então, pisque cinco vezes nessa direção. Repita o mesmo passo para o lado esquerdo, cima e baixo.

Nesse momento, não prenda a respiração, pisque com calma e faça tudo de forma bem relaxada. É importante, também, não franzir a testa nem abaixar a cabeça. O exercício pode ser feito diversas vezes ao dia.

Cuide dos seus problemas visuais na causa, pense a longo prazo e pratique os Exercícios Visuais, sua Saúde Agradece!!

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.