Saúde Ocular: Aproveite as áreas verdes da cidade

Saúde Ocular

A cor verde é a cor da natureza, das plantas e, segundo as pessoas que estudam as cores, da esperança, mas o que muitos não sabem é que ela também ajuda sua saúde ocular. Afinal, nossos olhos adoram estar em lugares ao ar livre, curtindo o sol e mirando paisagens diferentes da nossa rotina – que geralmente são ambientes fechados e iluminados artificialmente.

Como o verde auxilia sua saúde ocular

Muitos cientistas associam o verde à cor da vida, pois ligam a cor às plantas que, por esta vez, fazem a fotossíntese.

A parte da nossa saúde ocular entra agora. As plantas não são realmente avessas à radiação solar verde. Elas geram outras moléculas de pigmentos que, ao contrário da clorofila, efetivamente absorvem até 90% da luz verde do sol. Os outros 10 que sobram são refletidos, comparados com o quase nada que é refletido da luz azul ou vermelha visíveis. É isso que faz nossos olhos perceberem a diferença de cor. Inclusive, somos muito sensíveis ao verde. Por esta razão que vemos a pequena quantidade que a planta não absorve.

Saúde Ocular: Sensível ao verde

Alguns neurocientistas que estudam a visão da cor também se impressionam com a nossa sensibilidade para o verde e como ele tem influência em nossa saúde ocular. Essa cor é a parte do espectro mais brilhante para o ser humano. Nosso maquinário visual, nossos fotorreceptores estão otimizados para a parte do meio do espectro, verdes e amarelos.

Dentro da nossa saúde ocular, dos três tipos de cones de nossas retinas pelos quais detectamos e interpretamos as cores, dois registram seu pico de sensibilidade para comprimentos de onda de luz verde.

Mesmo aqueles que a saúde ocular está abalada, como pessoas que não têm um dos três tipos de cones fotorreceptores e por isso são daltônicas para o verde e o vermelho, normalmente são sensíveis a sutis gradações da cor.

Cones - Saúde Ocular

Nós somos atraídos para o verde como um sinal de natureza e abundância, por isso ele é tão importante para nossa saúde ocular. Pesquisas inclusive já mostraram que a adição de apenas duas árvores e uma faixa de grama em um projeto habitacional dominado pelo concreto pode melhorar a saúde, o humor e o desempenho na escola.

Saúde ocular: como colocar o verde no dia-a-dia?

Ao mesmo tempo que essa cor é tão importante para os olhos, nós acabamos ignorando o verde como cor de fundo. Essa cor não é muito marcante, pois some rapidamente da memória. Por esse motivo, é importante que você adicione momentos em meio à ela para melhorar sua saúde ocular.

Aproveite o final de semana para passar momentos em locais cheios de verde, como árvores e grama. Com certeza há algum lugar assim em sua cidade. Ao invés ir para o shopping ou ficar assistindo televisão, cuide da sua saúde visual e do seu corpo. Visite locais ao ar livre, pois seus olhos adoram o verde, a natureza, o ar livre e o sol.

Saúde Ocular no Parque Villa Lobos

Áreas verdes também possuem ar mais puro. Ou seja: sua saúde ocular agradece, pois, o oxigênio que estará circulando pelo seu corpo e absorvido pela sua córnea será mais limpo. Viver em locais verdes também diminui risco de infarto, pneumonia, bronquite crônica, asma, câncer de pulmão, entre outras doenças.

A proximidade às áreas verdes traz vários benefícios físicos que vão além da saúde ocular. Estudos relatam ganhos como a melhora das funções cognitivas, diminuição da depressão, demência, Alzheimer, alívio de estresse, melhora do sono, redução da pressão arterial, diabetes, doença cardiovascular e derrame cerebral, além de melhorar a função do sistema imunológico e suscetibilidade a doenças.

Aproveitar as áreas verdes da cidade não é difícil. Pesquise quais são os parques, praças e jardins próximos à sua casa. Sua saúde ocular e corporal agradecem. Além disso, você pode fazer atividades nesses locais, desde exercícios visuais até físicos.

Outro ponto importante para sua saúde ocular é ver ambientes diferentes. A luz solar é essencial para a visão. Principalmente quando estamos tão presos a locais fechados. Nossa vida se resume em escritórios, casa, shopping e pouquíssimo momentos ao ar livre. Estamos vivendo cada vez mais em lugares que possuem iluminação artificial, deixando para curtir o sol poucas vezes por ano.

Sua saúde ocular também precisa enxergar mais longe. Nós exercitamos tanto a visão de perto (lendo, assistindo televisão e usando computador, por exemplo) que não exercitamos nossa visão de longe. Estar em parques e praças pode te ajudar nisso.

Por fim: chame amigos, parentes e colegas para tornar o momento ainda melhor. Prepare um piquenique, façam atividades juntos e aproveitem para conversar. Além de melhorar a saúde, você ainda faz algo diferente.

Quer saber mais sobre saúde natural dos olhos?

Cadastre-se em minha Lista Vip, é totalmente gratuita, e por ela eu envio e-mails com Vídeo Aulas, Dicas e Exercícios Visuais para você praticar.
É por e-mail também que eu aviso quando os Programas Onlines estão com as inscrições abertas. Neles você têm acesso ao meu acompanhamento e também aos programas específicos de exercícios para cada problema visual.
Dois sábados por mês, das 9:00 ás 10:00, no Parque Villa Lobos – São Paulo, bem em frente ao anfiteatro (entrada principal), fazemos exercícios visuais ao ar livre, É totalmente gratuito e sem compromisso!!!

Basta chegar e participar !!!  Convide seus amigos e familiares, e venha sem lentes de contato!

Para saber as datas envie um e-mail para suportedratatiana@gmail.com

MAIS INFORMAÇÕES E um Canal para tirar suas DÚVIDAS, envie um e-mail para:

suportedratatiana@gmail.com

Quer saber mais e receber dicas como essa com exclusividade? Faça parte da lista VIP colocando seu email abaixo.

Responsive image

Dra. Tatiana Gebrael


Dra. Tatiana Gebrael ACREDITA nos tratamentos naturais, que agem não só nos sintomas, mas também nas causas dos problemas visuais e corporais, e que É POSSÍVEL ter olhos e corpo cada vez mais saudáveis em qualquer idade. Terapeuta Ocupacional, Especialista, Mestre, e Instrutora do método Self-healing de Meir Schneider.

2 comentários no post “Saúde Ocular: Aproveite as áreas verdes da cidade

  1. Prezada dra Tatiana. Acompanho seu trabalho já algum tempo e acho maravilhoso. Faço os exercícios mas não com a regularidade que gostaria. Tenho 67 anos e graças aos exercícios, passei na prova para
    renovar a carteira de motorista.
    Agora me apareceu uma pele no canto da córnea do olho direito. Fiquei muito preocupada e fui a uma oftalmologista para saber o que é. Ela desconfia de pterígio e me indicou uma especialista em córneas para avaliar a necessidade de raspagem e biópsia. Confesso que fiquei bem assustada com a idéia e resolvi lhe escrever. Existe algum exercício específico para esse caso? Desde já lhe agradeço pela atenção e ajuda. Um beijo, Beatriz

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *