Ler e Estudar Cansa? Aprenda Uma Dica Para Não Forçar a Visão

Estudar Cansa

Em época de provas, vestibulares e até mesmo preparação para cursinhos, fica difícil não depender da leitura. Usamos tanto esse meio de informação que acabamos passando por um momento complicado: o cansaço. Estudar cansa, principalmente quando não tomamos algumas precauções.

Além dos olhos, que são os mais prejudicados, ainda temos como consequência outros “sintomas”, como dor de cabeça, sono e até mesmo tontura.

Por que estudar cansa?

Quando você percebe que trabalhar e estudar cansa, já percebeu que chega um momento que sua mente anseia por um descanso? Nos Estados Unidos foi realizada uma experiência que explicou esse momento cientificamente. Dois grupos de estudantes foram submetidos a uma série de testes de raciocínio. Ambos ganhariam um pequeno brinde, mas só o segundo poderia escolher anteriormente o que gostaria de ganhar com base em um catálogo.

Esse detalhe causou efeitos profundos. Os voluntários do segundo grupo – que puderam escolher o brinde – cometeram mais erros e desistiram mais rápido. Isso porque, segundo uma nova teoria, o cérebro tem uma capacidade limitada para tomar decisões. Ela vai sendo gasta ao longo do dia, até chegar a um ponto que a mente precisa parar e ficar em repouso para recuperar o desempenho comum. É como se fossem os músculos durante um exercício físico. É por isso que estudar cansa.

Métodos alternativos: estude sem cansar os olhos!

Mas não é somente o desgaste da escolha que faz essa tarefa ser tão cansativa. Estudar cansa porque usamos muito os olhos. Além de prejudicar e pesar a visão, após muito tempo de leitura, a cabeça começa a doer e algumas pessoas sentem até enjoo. Para isso, é importante deixar os olhos para momentos onde não há métodos alternativos.

Os audiolivros ou audiobooks são ótimos meios para poupar a visão. Se estudar cansa por conta do esforço feito pelos olhos, você pode usar os ouvidos para adquirir a mesma informação que seria lida.

Atualmente há diversos livros nesse formato, inclusive didáticos. Quando for comprar um livro em papel, procure primeiramente na internet se há algum audiolivro disponível.

Você tem a opção de comprar e ouvir o conteúdo antes de dormir, no metrô, dirigindo ou até mesmo caminhando. Ao fazer uma caminhada, vale até aproveitar para fazer outros exercícios benéficos à visão, como: olhar longe, andar de costas, respirar fundo e ouvir música ou livros. Há muitos aplicativos disponíveis que leem os arquivos de audiobooks. Você só precisa comprar o livro em si.

Estudar sem Cansar no Metrô

Até mesmo os clássicos da literatura brasileira e internacional estão em versões de audiolivro. Assim como boa parte dos livros mais vendidos do mundo. Esse é um mercado que cresce e você pode receber o mesmo conteúdo sem forçar sua visão.

Por que é tão importante estudar sem cansar a visão?

Nós utilizamos muito os olhos para ler livros, usar o computador, acessar a internet por meio do celular, assistir televisão e muito mais. Quanto mais puder “economizar” seus olhos, melhor. Se estudar cansa, usar métodos alternativos ou até mesmo aderir a descansos já pode ser útil para sua saúde visual.

Imagine que seus olhos são um carro. Agora pense que duas pessoas tem o mesmo veículo. Um usuário não pisa muito no freio nem no acelerador. Já a outra pessoa corre muito, utiliza bastante essas partes do automóvel. Os dois carros foram usados de formas diferentes, mesmo sendo iguais. Qual você acha que vai aguentar mais?

Estudar sem Cansar com Audiobook

Da mesma forma que estudar cansa sua visão, utilizar muito o carro vai cansá-lo. O que foi poupado terá uma vida útil muito maior, assim como irá acontecer com seus olhos se você tiver os cuidados certos. Quando você abusa muito da visão, não tira pausas, usa o computador o dia inteiro e não faz o bom uso dela, a vida útil é reduzida. Já se você “economiza”, seus olhos funcionam bem por mais tempo.

Quer saber mais sobre saúde natural dos olhos?

Cadastre-se em minha Lista Vip, é totalmente gratuita, e por ela eu envio e-mails com Vídeo Aulas, Dicas e Exercícios Visuais para você praticar.
É por e-mail também que eu aviso quando os Programas Onlines estão com as inscrições abertas. Neles você têm acesso ao meu acompanhamento e também aos programas específicos de exercícios para cada problema visual.
Dois sábados por mês, das 9:00 ás 10:00, no Parque Villa Lobos – São Paulo, bem em frente ao anfiteatro (entrada principal), fazemos exercícios visuais ao ar livre, É totalmente gratuito e sem compromisso!!!

Basta chegar e participar !!!  Convide seus amigos e familiares, e venha sem lentes de contato!

Para saber as datas envie um e-mail para suportedratatiana@gmail.com

MAIS INFORMAÇÕES E um Canal para tirar suas DÚVIDAS, envie um e-mail para:

suportedratatiana@gmail.com

Quer saber mais e receber dicas como essa com exclusividade? Faça parte da lista VIP colocando seu email abaixo.

Responsive image

Dra. Tatiana Gebrael


Dra. Tatiana Gebrael ACREDITA nos tratamentos naturais, que agem não só nos sintomas, mas também nas causas dos problemas visuais e corporais, e que É POSSÍVEL ter olhos e corpo cada vez mais saudáveis em qualquer idade. Terapeuta Ocupacional, Especialista, Mestre, e Instrutora do método Self-healing de Meir Schneider.

2 comentários no post “Ler e Estudar Cansa? Aprenda Uma Dica Para Não Forçar a Visão

  1. Adorei a ideia pra lê? comprei três livros e quando comecei a lê senti que tenho um olho mais fraco e como ja comprei vou lê eles durante o dia, depois vou ouvir livros..obg

  2. Olá. Conheci esse método através da Kelly Lemos e tenho algumas dúvidas. Eu descobri que tinha miopia e astigmatismo aos 13 e usei lentes de contato até fazer a cirurgia lasik aos 26 (estava com 3.75 de miopia e 1.75 de astigmatismo). Meu olho esquerdo sempre foi melhor e continuou assim após a cirugia. Agora que estou prestes de completar 40, estou começando a sentir sintomas de vista cansada no meu olho direito. Ele fica sem lubrificação no final do dia, ou no início do dia, ao acordar. Também está sendo mais difícil focar perto. Há uma semana, venho tentando inserir os exercícios da Tatiana Gebrael na minha rotina. O sunning tem sido mais difícil, pois preciso de um ambiente seguro e não tão exposto para fazê-lo. Durante a pausa no meu trabalho não dá… Eu trabalho num ambiente muito formal e é impossível conseguir um lugar aberto onde eu possa ficar à vontade para fazer o vai-e-vem do sunning… E não dá simplesmente para ficar sozinha em público fazendo esse exercício. Ficamos muito vulneráveis. Estamos ali de olhos fechados, não sabemos se tem alguém com segundas intenções se aproximando. É até perigoso… (PRIMEIRA DÚVIDA) ou dá pra fazer virado para a janela de dentro de um ambiente fechado, mesmo? Tento fazer o exercício na parte da manhã (já que trabalho de 12h às 19h), na cobertura do meu prédio, mas ainda estou inserindo na minha rotina. Consegui fazer vários dias seguidos, mas ontem e hoje, por exemplo, não foi possível. De qualquer forma, esse exercício fez todo sentido para mim e a musculatura em volta do meu globo ocular direito (que é meu olho fraco) depois de uns 2 dias fazendo os exercícios, ficou dolorido por uns três dias, mas eu atribuí ao fato de que a musculatura estava trabalhando. (SEGUNDA DÚVIDA) É normal, mesmo? Porque hoje já está melhor. Isso costuma voltar a acontecer? Também estou sentindo que, no início, eu tinha menos controle ao fazer os exercícios dos círculos, por exemplo, ou era mais difícil de focar ao fazer os exercícios com os dedos nas laterais e diagonais, mas agora parece que está melhor. Comprei os óculos reticulados e estou achando desconfortável de usar (mesmo de 1h30 a 2h por dia). É bem estranho… mas vou insistir, claro. Talvez seja uma questão de costume… Acho que, por ele, dá para ter uma idéia mais clara sobre as diferenças entre um olho e o outro, embora não seja esse o objetivo… de qualquer forma, pode me ajudar a perceber o progresso. Vi alguns depoimentos e estou muito esperançosa de não precisar usar óculos para perto. Parabéns pelo trabalho e fico muito feliz por ter essa perspectiva! Muita gratidão pelos vídeos online e por compartilhar esse conhecimento!!

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *